sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Presente de Natal

Abriu os olhos. Ele e ela; o homem e a morte.

Um horizonte límpido. Sol nascente e nuvens em degradê com o céu azul. Azul anil. E de repente as cores vão se mesclando, perdendo o sabor. A impressão de velocidade; o horizonte entra em zoom sem foco. Imagens ofuscantes e opacas. A mistura de uma cor sem-cor. Delírio. Estava sentado à janela do quarto 413 na espera de sua filha. Desvaneios e tresvarios; podia sentir um som silencioso em Mi menor: o canto melancólico da morte. A nota aguda de uma foice penetrando aquele coração tão cheio de vazio. Abriu os olhos. Ele e ela; o homem e a morte. O que será que faz um homem não perder a esperanças onde já não há mais esperanças? Da onde vem tanta energia de algo esgotado da mesma? Lá do limbo mais profundo do âmago humano onde estão as raízes do instinto animal, do ser acorrentado pelas rédeas da conciência. Ou talvez não. As vezes nos apegamos tanto as coisas terrestres estabelendo um vínculo tão forte que as existências entre os interligados se tornam uma só.
Sala de emergência e observação 413: a vítima sofrera várias paradas cardíacas consecutivas. Treze ferimentos de balas calibre 38 - três foram retiradas do coração. Mesmo não tendo dinheiro algum prometera à filha um presente de Natal: uma daquelas bonecas que passa na TV. Apesar dos pesares parece vivo, além do mais conseguiu sorrir para filha que aparecera em prantos.


Fernando Neves; Projetos Aleatórios.

6 comentários:

  1. Nhaaa faz tempo que eu nao passava por aqui...
    Sobre o post de hj... achei interessante... a maneira como descreveu... É bem legal...
    Achei um pouco sombrio qdo cheguei na parte da morte... Ela me assusta =X
    E a esperança... acho que é algo que sempre temos que ter... É meio triste qdo uma pessoa perde a esperança...
    Até a proxima =*****

    ResponderExcluir
  2. Lucas "Designer" Henrique Chromeck26 de dezembro de 2008 15:35

    MASSA!!!

    ResponderExcluir
  3. Você é verdadeiro autor, soube descrever profundamente o q se passa com uma pessoa!

    =]

    Quando você for fazer um livro com essas coletâneas, qro um assinado, viu!

    ResponderExcluir
  4. "O que será que faz um homem não perder a esperanças onde já não há mais esperanças?"
    Bem interessante isso, mas creio que já deve ter encontrado a resposta, bom, pelo menos no texto, dá a entender que é realmente o amor pela filha, mas deve ter algo mais por trás, ou o que eu falei não tem nada a ver...

    ResponderExcluir
  5. Acho que esse presente foi melhor so que a boneca

    ResponderExcluir
  6. nossa...!
    gostei, realemnet interessante.
    Valeu a pena ter lido.
    Só uma pergunta.O cara faz parte do elenco dos Heroes?!
    euihuaeuhuqhuehuahuheuae
    brincadera.Parabens

    ResponderExcluir